Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in D:\www\sinomarcalmona.com.br\httpdocs\post.php on line 76
Sinomar Calmona - Pessoas Traem. Por quê? Quem trai mais o homem ou a mulher?
 
 
Sinomar Calmona     • Presidente Prudente / SP     • Jornal O Imparcial     • Contato
 
 
Galeria de Fotos TV Sinomar Links Calendário Cadastre-se
 
 

28 de Julho de 2015 -
Pessoas Traem. Por quê? Quem trai mais o homem ou a mulher?
Por: Marilandes Ribeiro Braga

Inúmeros são os fatores causadores da infidelidade, como: desgaste do relacionamento, solidão, problemas financeiros, dificuldade de se ter com a parceira (o) o mesmo prazer que se encontra em uma relação extraconjugal. Este é o momento da famosa divisão: para o relacionamento sério (no lar) fica o amor e para outros relacionamentos...as fantasias, e o sexo sem limites.

A visão do homem e da mulher em relação a infidelidade se difere. O homem imagina que traiu quando leva outra para cama. A mulher, como é mais próxima das suas emoções, já sente que traiu quando se envolve afetivamente, mesmo sem nenhuma aproximação física.

Enquanto o homem (geralmente) busca sexo no relacionamento extraconjugal, a mulher parte em busca de romance, fantasias e sensualidade.

As mulheres sempre acusam os homens e estes, por sua vez, afirmam que elas também traem, mas são dissimuladas. Que há traição entre muitos casais, não se pode negar. Fica então a dúvida: quem trai mais? O homem ou a mulher?

De acordo com uma pesquisa feita pelo Cruzeiro On Line, na qual homens e mulheres puderam votar livremente, sem serem identificados, os dois traem praticamente na mesma proporção.

 

Na pesquisa que realizei durante os meses de setembro e outubro de 2002, com duzentos sujeitos de ambos os sexos, com idade acima de 20 anos, o resultado foi o mesmo, ou seja:

Pensar que a maioria dos homens é infiel é um estereótipo.

Essa idéia que a sociedade tem a respeito de alguma coisa sem necessariamente corresponder à realidade, é o que motiva pesquisas com o objetivo de distinguir o real do aparente. Admitir ou não a infidelidade em público é que é complicado, pois gera conseqüências com um peso para cada sexo.

Segundo Lemer “apesar de homens e mulheres traírem quase que na mesma proporção, o que muda é a forma como estes comportamentos são julgados pela sociedade, com valores diferentes para cada um" . As mulheres, ao admitirem uma traição, são recriminadas e passam a ter uma imagem negativa. O fato de alguém ver que você foi traído é que está contando para as pessoas, o que leva a concluir que a traição é uma questão muito mais social que subjetiva.

 

É o coletivo que exerce uma condição no sentido de você se sentir humilhado". Muitos crimes que vemos pela TV ou lemos nos jornais relacionados à traição são motivados, claro, além do ciúme, pela sensação de humilhação, de estar sendo enganado, de ser o último(a) a saber.Mas apesar de as mulheres estarem traindo muito e assumindo, a maioria o faz por já estar envolvida sentimentalmente. "Em termos sociais, culturais, pela visão impressionista, as mulheres traem com maior envolvimento emocional.

 

O terapeuta sexual Oswaldo Rodrigues Jr, acredita que, em muitos casos, a infidelidade pode causar sofrimento. Além das pessoas que traem "porque desejam, racional e voluntariamente, ter relacionamentos sexuais e afetivos variados", existem aquelas que são infiéis "porque repetem, involuntariamente, padrões culturais e socialmente impostos, de que as pessoas têm que ter relacionamentos múltiplos".

MOTIVOS QUE LEVAM O HOMEM A TRAIR

•Novidade

Influência dos amigos

•Conquista sexual

•Insegurança

•Oportunidade

•Insatisfação com a parceira

•Imaturidade

•Questões culturais

•Reafirmação

•Falta de diálogo

•Machismo

•Rotina

•Aproximação

MOTIVOS QUE LEVAM A MULHER A TRAIR

•Carência afetiva

•Sensação de insignificância

•Insatisfação com o relacionamento

•Depressão

•Vingança

•Oportunidade

•Solidão

•Fantasia

•Baixa estima

CONCLUSÃO

A mulher traía menos não porque seu desejo sexual fosse menor, mas porque era muito reprimida.

No século XI, mulher que era infiel a seu marido, com consentimento da Igreja, era apedrejada em praça pública.

Hoje ela trai mais porque está se dando o direito de reconhecer a insatisfação no relacionamento

Marilandes Ribeiro Braga-SexólogaTerapeuta de Casais

Atuamente Ministrando Palestras

marilandes@uol.com.br

 

 
 
23 de Junho de 2017
clique para acessar a coluna
 
BUSCA PELO SITE
Galeria de Fotos
TV Sinomar
Links
Calendário
Cadastre-se
CONHEÇA MAIS
Sinomar Calmona
Presidente Prudente / SP
Jornal O Imparcial
Contato
ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS
 
DESENVOLVIDO POR:
Fabrício Modafaris