Minhas Corridas • Sinomar

18 de Dezembro de 2016

Maratona do Porto: um dos percursos mais lindos do mundo

Completar uma maratona depende muito do estado de espírito, humildade, esforço e sentimento de superação.

Você mesmo, e o asfalto são os grandes adversários. O resto corre ao nosso lado.

Uma maratona deve ser concluída com a mente. A minha levou-me até o final. Fisicamente, terminei no km 38, fadigado, mas o foco e a determinação me levaram a superar os 42,195 metros.

A Maratona do Porto de 2016, foi uma das mais lindas das cinco que já completei. Foi no dia 6 de novembro. Prova difícil, mas de visual espetacular, com muita animação e organização impecável, na Cidade do Porto, norte de Portugal.

O trajeto passou por duas outras cidades vizinhas, Matosinhos e Vila Nova de Gaia.

A largada foi numa ponte junto ao mar, o Sea Life Porto, as 9 da manha com agradáveis 11 graus. A primeira parte da corrida passou pelas ruas de Matosinhos, ida e volta ao ponto de largada, depois seguindo na margem do rio Douro. Na parte mais bonita da prova, o percurso passou pela incrivel Ponte D. Luis, obra de arte projetada pelo mesmo autor da Torre Eiffel. Atravessando a ponte chegamos a Vila Nova de Gaia, correndo uns 10 km na margem do rio Douro novamente, ate' voltar ao Porto e depois Matosinhos, para concluir a maratona. Diversas bandas estavam distribuídas por todo o percurso para animar os corredores, quase todas tocando musica brasileira.

Os 42 km tiveram 4.747 concluintes.  Fui um dos 32 brasileiros que completaram a prova e receberam a medalha e camiseta de "finisher".

A paisagem compensou o sacrificio. Os portugueses estavam nas calcadas em todo percurso, aplaudindo e incentivando os participantes.

Valeu a pena!

Willy Macedo
Cultura Inglesa