Entrevistas • Gerais

12 de Março de 2017

VITALIDADE Capoeirista de 70 anos, comemora 10 anos da prática do esporte

Ana Maria Aquino, 70 anos, foi alvo de homenagem especial, na sexta 03/03/17, durante a aula de capoeira do professor Delei, na Academia Atletic (Parque do Povo)l

A roda de capoeira comemorou os 10 anos de prática do esporte, 3 vezes por semana, por Ana Maria. Ao final da aula, toda família estava presente, e ela recebeu os aplausos da turma, ao lado da filha Cintia, apresentadora do jornal da TV Fronteira, da filha Marcela, cirurgiã dentista, do neto Pedro Azevedo, de 6 anos, a irmã Neusa e o cunhado Enrique Nascimento – estes, que vieram de Belo Horizonte para a comemoração.

Ana Maria contou que há cerca de 10 anos, pouco antes de completar os 60, só praticava caminhadas. Foi então que assistiu uma palestra do Educador Físico e Mestre de capoeira Nelson Carneiro – na época professor da Unoeste,  com seu assistente nas pesquisas, professor Vanderlei Lopes da Silva Junior (“Delei’), que falavam na Casa do Médico sobre sua tese de mestrado a respeito da prática do esporte na terceira idade. Ela lembrou que o professor Carneiro recomendava a prática do esporte aos idosos. “Dizia que o idoso que jogasse capoeira, não iria arrastar as pernas com o avançar da idade, teria um caminhar firme, livre e solto. Isso me animou”, disse, narrando que em seguida se inscreveu na aula, que nunca faltou, 3 vezes por semana, durante 10 anos.

Hoje, diz que se sente mais saudável que há 10 anos. “Acabei de fazer uma revisão médica, estou muito bem e saudável”, destacou.

Equilíbrio, raciocínio, reflexos, força, agilidade e  coordenação motora, estão entre os benefícios que o esporte lhe trouxe, apontou a capoeirista. “Desenvolve também a presença de espírito, porque na capoeira, se você não se esquivar, leva pancada...”, contou, brincando, para em seguida destacar que jamais se machucou praticando o esporte. Diz que ninguém bate, mas o professor “estimula você a fazer sua parte, na defesa”.

E mais, completa Ana: “A capoeira me deixou mais feliz. Trabalha a alegria de viver, o movimento livre, a dança, a música. Eu adoro!”

“Delei”, seu professor na Academia Atletic relatou que Ana Maria é “uma aluna comprometida com o esporte, se não houver aula, ela endoida...”(risos).

Para a filha jornalista, Cintia Aquino, “é uma bênção de Deus, um privilégio ter uma mãe tão ativa, alegre e saudável, praticando uma atividade física com tanta dedicação... um exemplo lindo a ser seguido! Dou total apoio... Que Deus a conserve assim, abençoando e iluminando sempre!  A opinião é compartilhada pela irmã, Marcela: “Ela é minha inspiração e exemplo para treinar todos os dias.Quero  chegar aos 70 com a mesma saúde e disposição.”            

Nelson Carneiro, Mestre, capoeirista mais graduado do Grupo Muzenza no Estado de São Paulo, com mestrado na área da atividade física, só vê benefícios na prática da atividade: “O primeiro é o psicológico, a pessoa sair mais de casa, e o segundo é a melhora da funcionalidade, o agachar que fortalece, o chutar que aumenta a flexibilidade, fazendo a pessoa a melhorar sua autonomia e a qualidade de vida dela!”.

Sobre Ana Maria, ele diz que ajuda bastante o seu histórico de vida: “Não bebe, não fuma, dorme bem. Isso ajuda bastante. Quando ela pratica essa atividade, tem o efeito que retarda o envelhecimento. O que ela devia sentir aos 60, vai sentir só aos 80. Esse é o grande beneficio do exercício físico”, completou.

 

Cultura Inglesa
Willy Macedo