Notícias • Prudente

01 de Agosto de 2017

Licitação do transporte coletivo de Prudente recebe três propostas

Duas empresas e um consórcio – formado por outras 57 empresas - estão participando da licitação que irá definir os novos responsáveis pelo serviço de transporte coletivo em Presidente Prudente. A primeira parte do certame teve início às 14h15 desta segunda-feira (31/07), quando se deu a abertura dos envelopes com a documentação exigida pelo edital.

Devido à grande quantidade de documentos a serem apreciados, esta etapa poderá se estender até a madrugada desta terça-feira (01/08) ou, em comum acordo entre os concorrentes, ser suspensa e reiniciada em uma nova data.  Participam do certame as empresas Transporte Coletivo Passense, de Passos (MG), Company-Tur Transporte e Turismo (Pruden Express), de Presidente Prudente, e o Consórcio Terus, com sede em São Bernardo do Campo (SP).

De acordo com o diretor do departamento de Licitação, Luiz Miguel Kalil Mello, as empresas que apresentarem toda a documentação necessária será declarada habilitada a concorrer ao serviço. Os nomes delas serão então publicados em atos oficiais e, cinco dias úteis após a publicação, haverá a abertura do segundo envelope, contendo os valores propostos pelos grupos. “O fator determinante para a escolha da empresa será o de menor valor, ou seja, aquela que apresentar a menor tarifa para o transporte coletivo”, expõe. O preço da passagem não poderá ser maior do que R$ 3,70, conforme previsto no edital.

 De acordo o Secretário Municipal de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública (Semav), Oswaldo Bosquet, a nova frota terá 103 veículos, sendo 46 convencionais, 51 midi ônibus (com porte intermediário entre o miniônibus e o ônibus convencional) e mais seis ônibus de grande porte, maiores do que qualquer outro em circulação na cidade. Todos os ônibus terão GPS, câmera, Wi-Fi e biometria para identificação dos passageiros.

Cultura Inglesa
Willy Macedo
Interplan