INOVA PRUDENTE • Business

23 de Novembro de 2017

Professores da Unesp conhecem e elogiam projeto da Fundação Inova Prudente

A Fundação Inova Prudente se mostra cada vez mais empenhada em firmar parcerias com as instituições de ensino de Presidente Prudente, que também se interessam em conhecer o projeto do Governo Municipal. Dessa forma, um grupo de professores dos departamentos de Matemática e Ciências da Computação e de Física da Unesp (Universidade Estadual Paulista) esteve in loco para conhecer o prédio, bem como o que o Governo Municipal planeja com a Inova.


No local, os professores da Unesp Rogério Eduardo Garcia, Ronaldo Celso Messias Correia, Danilo Medeiros Eler, Milton Hirokazu Shimabukuro, Celso Xavier Cardoso e o palestrante da XVI Secompp (Semana de Computação de Prudente), Vagner Santana, que é pesquisador da IBM Research, foram recebidos pelo diretor-presidente da Inova, José Wilmar Ferreira Lima, e pelo titular da Setec (Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação), Rogério Alessi.


O palestrante da Secompp, que disse estar em Prudente pela primeira vez, avaliou como interessante a ideia e a questão do projeto visar uma evolução para quem esta começando. “Empolgante ver o que estão planejando. Um projeto como esse tem um impacto muito grande, especialmente para quem tem a visão de ter que ir à capital para alçar voos mais altos. Ter esse espaço é ótimo, especialmente em mostrar o interesse em ter esse pessoal [qualificado] no município”, pontuou.


Em relação ao investimento do Governo no projeto, Vagner afirmou que inovação nunca é gasto. “Pode demorar, mas investimento em pesquisa tem retorno para o pessoal, ao estado e ao país. Hoje em dia a tecnologia permeia tudo que vimos. Modelos de negócios que funcionam há décadas estão sendo mudados drasticamente por conta da tecnologia. Isso é um exemplo de como uma startup que começa pequena pode mudar a economia de uma cidade, de um estado e, quiçá, de países. Esse é o potencial, agora é canalizar isso tudo”, comentou.

Seguindo a mesma linha de raciocínio, o professor Rogério Eduardo disse que em longo prazo um projeto como o da Fundação Inova Prudente pode mudar o perfil econômico de uma região, “o que já acontece fora do país”. “Temos vários exemplos, o mais famoso deles é em Palo Alto que é uma região de cunho totalmente tecnológico. Ou seja, o projeto é promissor e tem muito a contribuir para o desenvolvimento da cidade e da região, trazendo o pessoal que está tentando abrir uma empresa, um negócio, para um ambiente em que ele terá condição de evoluir rápido”, expôs.

Sobre uma parceria entre a Inova Prudente e a Unesp, Rogério Eduardo disse ser “perfeitamente possível”. “Aliás, é o ideal para os dois, tanto do ponto de vista do que está sendo feito na Fundação, dando apoio e trazendo projetos para ela, quanto do ponto de vista da universidade. que traz os alunos para um ambiente propício para desenvolverem suas ideias”.


O diretor-presidente da Inova avaliou como positiva a visita dos professores da Unesp à Fundação e afirmou que a intenção é fazer parcerias com todas as instituições de ensino de Prudente. “Todos que conhecem elogiam e aprovam o projeto, o que nos faz acreditar que estamos no caminho certo, de olho no presente e no futuro. Queremos firmar muitas parcerias, inclusive com as instituições de ensino, e movimentar cada vez mais a Fundação e fomentar os três eixos, que são educação, pesquisa e inovação”, concluiu.

 

Interplan
Cultura Inglesa
Willy Macedo