Sinomar Calmona     • Presidente Prudente / SP     • Jornal O Imparcial     • Contato
 
 
Galeria de Fotos TV Sinomar Links Calendário Cadastre-se
 
 

Nutrição & Atividade Física • Articulistas

15 de Fevereiro de 2018 -
O câncer pode ser prevenido pelo exercício físico?
Por: Jair Rodrigues Garcia Júnior

O câncer pode ser causado por diversos fatores e alguns tipos envolvem predisposição genética herdada dos pais ou avós. No entanto, a Agência Internacional de Pesquisas sobre Câncer estima que, em 25% dos casos de câncer no mundo, as causas são o sobrepeso, a obesidade e o estilo de vida sedentário.

            Há evidências sobre a relação do sobrepeso e da obesidade com cânceres de cólon, mama, endométrio, ovários, colo do útero, fígado, rins, esôfago, pâncreas, vesícula biliar, próstata e alguns de órgãos produtores de células sanguíneas. Neste sentido, a adequação do peso corporal ou do índice de massa corporal (IMC) para valores menores que 25 Kg/m2 (divida seu peso pelo resultado da altura x altura) já tem efeito na diminuição dos fatores de risco para os cânceres mencionados [1].

            É difícil estabelecer com precisão e certeza absoluta a relação causal do sobrepeso, da obesidade, da dieta, do sedentarismo e exercício físico com o surgimento ou prevenção do câncer. Porém, estão estabelecidos fatores de risco (ou de proteção) para o câncer que podem ser medidos e acompanhados periodicamente. Estes são denominados de biomarcadores [2] (Figura).

            O estilo de vida sedentário, o sobrepeso e a obesidade influenciam o risco para o câncer por meio do aumento dos hormônios estrogênio (mama e endométrio), testosterona e insulina (cólon, mama, pâncreas), também aumento do grau de inflamação sistêmica (leia também Diseasoma do sedentarismo e sua prevenção) e depressão do sistema imune (vários cânceres) [3]. A síndrome metabólica (sobrepeso, hipertensão arterial, resistência à insulina e colesterol elevado), que afeta quase 20% da população adulta, também representa fator de risco para o câncer.

            Nas mulheres, concentrações aumentadas de estrogênios, que podem ser produzidos também pelo tecido adiposo em excesso (sobrepeso e obesidade), estão relacionadas com aumento do risco de câncer de mama e do endométrio. Nos homens, o excesso de testosterona (“atletas” ou reposição hormonal) aumenta a produção de diidrotestosterona, um hormônio indutor do aumento da próstata e do câncer nesta glândula.

            Outros dois importantes biomarcadores do risco de câncer são as concentrações de glicose e de insulina. Quando há resistência à ação da insulina, a secreção deste hormônio aumenta (hiperinsulinemia) e, com a evolução, aumenta também a glicose no sangue (glicemia). A insulina aumentada está relacionada com a estimulação da proliferação celular e desenvolvimento de tumores (cânceres), principalmente da mama, cólon, pâncreas, endométrio e estômago. Não por acaso, a incidência de cânceres e mortalidade é maior em indivíduos com diabetes tipo 2.

            A inflamação sistêmica, presente em todos os indivíduos, tem seu grau (e perigo) indicado pelo biomarcadores proteína C reativa, interleucina-6, fator de necrose tumoral, proteína amilóide A e prostaglandinas. A inflamação sistêmica está relacionada diretamente com as doenças crônicas, incluindo o câncer. Enquanto o excesso de gordura corporal e sedentarismo têm efeito próinflamatório, o exercício físico tem comprovado e benéfico efeito antiinflamatório.

            Obviamente, o sistema imune tem função de nos proteger do câncer, reconhecendo e eliminando as “células anormais” que podem proliferar e se tornar tumores. A diminuição dos linfócitos T helper, linfócitos T citotóxicos, das células natural killer e macrófagos (que caracteriza imunossupressão) está associada com câncer do pulmão, do cólon e sarcoma. O estresse positivo do exercício físico representa um estímulo para proliferação de algumas destas células, mantendo a eficiência do sistema imune.

            Já há dados epidemiológicos mostrando que o exercício físico pode contribuir para prevenção do câncer e inibição de sua progressão porque auxilia na regulação das concentrações dos hormônios sexuais, na diminuição da gordura corporal e da resistência à insulina, no controle da síndrome metabólica, na redução do grau de inflamação e do estresse oxidativo (radicais livres) e modulação positiva (eficiência) do sistema imune [4,5]. Está aí mais um excelente motivo para prática regular de exercícios.

 
 

[1] Campbell KL, McTiernan A. Exercise and biomarkers for cancer. Journal of Nutrition. 2007;137: 161S-169S.

[2] McTiernan A. Mechanisms linking physical activity with cancer. Nature Reviews Cancer.2008;8:205-211. http://dx.doi.org/10.1038/nrc2325

[3] Kerr J, Anderson C, Lippman SM. Physical activity, sedentary behaviour, diet, and cancer: an update and emerging new evidence. Lancet Oncology. 2017;18(8): e457-e471. DOI: https://doi.org/10.1016/S1470-2045(17)30411-4

[4] Cuzick J. Preventive therapy for cancer. Lancet Oncology. 2017;18(8): e472-e482. DOI: https://doi.org/10.1016/S1470-2045(17)30536-3

[5] Hojman P, … Pedersen BK. Molecular mechanisms linking exercise to cancer prevention and treatment. Cell Metabolism. 2018;27(1):10–21. DOI: https://doi.org/10.1016/j.cmet.2017.09.015

 

14 fevereiro 2018

 

 

Jair Rodrigues Garcia Júnior

Doutor em Fisiologia Humana pela USP

Professor do Curso de Educação Física da UNOESTE

e-mail: jgjunior44@hotmail.com

Instagram: @exercicionutri

Facebook: Facebook.com/jgjunior44

Twitter: @exercicionutri

26/05/2018
E a melhor de todas as dietas para saúde é ...
abrir o post
03/05/2018
Quanto você está preparado para os desafios inesperados da vida?
abrir o post
05/02/2018
O álcool: o que mais além de um prazer?
abrir o post
16/01/2018
Restrição calórica pode modular sua saúde
abrir o post
19/04/2017
4 razões “científicas” para ser seletivo e moderado no consumo de gorduras
abrir o post
 
 
21 de Junho de 2018
clique para acessar a coluna
 
BUSCA PELO SITE
Galeria de Fotos
TV Sinomar
Links
Calendário
Cadastre-se
CONHEÇA MAIS
Sinomar Calmona
Presidente Prudente / SP
Jornal O Imparcial
Contato
ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS
 
DESENVOLVIDO POR:
Fabrício Modafaris