Cultura • Entretenimento

16 de Fevereiro de 2021

Scorza é finalista na Bienal Naifs do Brasil

Juliana Scorza, de Presidente Prudente, é uma das artistas selecionados na 15ª Bienal Naïfs do Brasil, inaugurada no Sesc de Piracicaba, com suas obras "Ágora " esculturas de madeiras e recicláveis, e  " Ciranda de Nossa Senhora, pintura em algodão.  Realizada pelo Sesc São Paulo em Piracicaba desde o início da década de 1990, a Bienal Naïfs é um convite para o público refletir sobre os fazeres populares inventados por artistas. Nesta 15ª edição, a partir do título Ideias para adiar o fim da arte, a mostra traz discussões sobre temas como meio ambiente; o feminino como força social, como divindade e como figura do sagrado; as violências estruturais históricas; os espaços de coletividade e sociabilidade em ritos, festas e cerimônias; e o debate sobre objetualidade e utilidade. Amanhã a artista Juliana Scorza abre uma exposição no Centro Cultural Matarazzo em Presidente Prudente, “Retrospectiva de uma trajetória Naif”.

Stetnet
O Imparcial
Willy Macedo