Sinomar Calmona     • Presidente Prudente / SP     • Jornal O Imparcial     • Contato
 
 
Galeria de Fotos TV Sinomar Links Calendário Cadastre-se
 
 

Nutrição & Atividade Física • Articulistas

18 de Abril de 2016 -
Perda de peso e obesidade são “contagiosas”
Por: Jair Rodrigues Garcia Júnior
             
               Filhos de pais obesos tendem a se tornar também obesos. Pode haver, neste caso um componente genético, ou seja, o filho herdar genes eficientes no armazenamento de gordura e/ou genes pouco eficientes no gasto de energia. Certamente há também componentes ambientais, ou seja, comportamento alimentar inadequado e estilo de vida sedentário. E quando se trata de outros parentes, vizinhos, colegas de trabalho e amigos, a obesidade pode ser “contagiosa”? E a perda de peso de um ou mais componentes dessa rede social, pode “contagiar” os demais?
               Sexta-feira, ainda no meio da tarde, antes de encerrar o expediente da semana, já começa a movimentação da rede social para definir a programação para o final da tarde e noite. Em geral o grupo de amigos segue para um restaurante ou barzinho para se divertir e ... comer e beber. Sábado, logo após o almoço, um amigo convida para, mais tarde, se encontrarem, baterem um papo e ... comer e beber. Domingo de manhã, após o café da manhã degustado depois das 10h, o vizinho toca a campainha e o convida para, logo mais a tarde, assistirem o jogo na tv e ... comer e beber.
               Essas situações e outras parecidas são muito comuns, especialmente no final de semana. Afinal fazemos parte de uma rede social (não apenas virtual) com numerosas relações na família, no trabalho, na vizinhança, na igreja e em outros ambientes. As pessoas dessa rede social influenciam nosso comportamento, assim como podemos influenciar o comportamento delas de forma inconsciente, tanto para elas, quanto para nós. Essa influência que cada pessoa de nossa rede social de relações exerce em nós depende de diversos fatores, principalmente a proximidade física e intensidade da relação. 
               A influência recíproca nem sempre é equilibrada. Em qualquer natureza de relação, há sempre a tendência de uma das partes influenciar mais do que a outra. Também há uma relação de quantidade, pois quanto maior o número de pessoas te influenciando, maior é a possibilidade que você tenha um comportamento semelhante a elas. Numa rede social há pessoas que influenciam mais ou menos, assim como existem relações mais ou menos intensas (ver figura). 
               A obesidade é entendida como uma doença de causa multifatorial. Basicamente, a genética (genótipo) determina se a pessoa tem predisposição ou não a ficar obesa. Enquanto o ambiente e comportamento (fenótipo) levam a pessoa a ficar obesa ou não, mesmo que não tenha os genes que favorecem essa condição. Por isso, pode-se atribuir um peso maior ao comportamento.
               A maior importância do ambiente e do comportamento como causa da obesidade foi a conclusão de um estudo sobre ganho de peso após os pesquisadores terem acompanhado uma grande rede social durante 32 anos. O estudo demonstrou a influência das relações sociais no peso corporal dos indivíduos. Foi observado que, entre amigos próximos, quando um deles se torna obeso, aumentam em 171% as chances do outro também se tornar obeso. A influência dos amigos é tão significativa que chega a ser mais de quatro vezes maior que dos irmãos, pois quando um destes se torna obeso, aumentam em “apenas” 41% as chances do outro irmão também se tornar obeso [1].
               Em outro estudo, pôde ser estabelecida a influência da vizinhança e de aspectos sociais na saúde de pessoas acompanhadas ao longo de 16 anos. Para isso, os 4500 voluntários foram divididos em três grupos. Um grupo permaneceu morando no mesmo bairro e serviu de controle. Outro grupo recebeu um auxílio financeiro (sua renda passou a ser de classe média) e permaneceu morando no mesmo bairro. O terceiro grupo recebeu um auxílio financeiro (sua renda também passou a ser de classe média) e mudou-se para um bairro, cuja vizinhança era de classe média. Após o período de 16 anos não foram observadas mudanças significativas nos aspectos de saúde dos dois grupos que permaneceram no mesmo bairro convivendo com a mesma vizinhança, porém o grupo que mudou de vizinhança melhorou aspectos de saúde, apresentando menos casos de doenças como obesidade e diabetes, comparativamente aos demais [2].
               Enquanto, os dois estudos mencionados evidenciam a caraterística “contagiosa” do ganho de peso, determinado pela convivência, outro estudo de carater comportamental e motivacional demonstrou que a perda de peso também pode ser “contagiosa”. O estudo contou com 3300 participantes dividos em grupos de 5 a 11 integrantes, que competiram entre si nas categorias de perda de peso e prática de atividades físicas corriqueiras ou na forma de exercícios sistematizados. Ao final das 12 semanas do desafio foi notado que a perda de peso dos integrantes de cada um dos grupos foi bem semelhante, ou seja, tanto nos grupos que perderam menos peso (5%), como nos grupos que perderam mais (20%), nenhum dos integrantes teve perda discrepante dos demais [3]. A influência social, a pressão positiva e o encorajamento do grupo faz com que cada um mantenha o foco e comportamentos adequados em busca do objetivo coletivo.
               Em termos de comportamentos que evitam ou favorecem a obesidade, os grupos de relacionamento social podem ser divididos em três: aqueles que usam a maior parte do tempo livre para reuniões sociais acompanhadas de comidas e bebidas, aqueles usam a maior parte do tempo livre para atividades de lazer com algum tipo esforço físico e aqueles que equilibram o tempo livre entre reuniões sociais e atividades físicas [1].
               E você, quer ser influenciado ou influenciar? E se, na sexta-feira ao final de tarde, você convidar sua esposa para uma caminhada pelo bairro, aproveitando para conversar sobre a semana? E se, no sábado no meio da tarde, você convidar um amigo para fazer um percurso de bike de uns 30 Km? E se, no domingo de manhã, você convidar seu vizinho para um passeio num parque ou clube para fazer algumas atividades físicas de lazer com os filhos de ambos?
               Você está recebendo os convites do início ou fazendo os convites do final deste texto? Dependendo do tipo de convite e da freqüência destes convites, talvez seja a hora de deixar de ser influenciado em sua rede social ou ... seja hora de mudar de vizinhança e de amigos.

 

 

1. Christakis NA, Fowler JH. The spread of obesity in a large social network over 32 years. The New England Journal of Medicine. 2007;357:370-9. http://dx.doi.org/10.1056/NEJMsa066082

2. Ludwig J. et al. Neighborhoods, obesity, and diabetes - a randomized social experiment. The New England Journal of Medicine. 2011;365:1509-19. http://dx.doi.org/10.1056/NEJMsa1103216 
3. LaRose JG, Leahey TM, Weinberg BM, Kumar R, Wing RR. Young adults’ performance in a low intensity weight loss campaign. Obesity. 2012;20(11):2314-6. http://dx.doi.org/10.1038/oby.2012.30

 

17 abril 2016

 

Jair Rodrigues Garcia Júnior

Doutor em Fisiologia Humana pela USP

Professor do Curso de Educação Física da UNOESTE

Autor do livro NOVAS TENDÊNCIAS EM EDUCAÇÃO FÍSICA. Swimeditora, 2016.

e-mail: jgjunior@unoeste.br

Facebook: Facebook.com/jgjunior44

Twitter: @exercicionutri

 

 
 
16/01/2018
Restrição calórica pode modular sua saúde
abrir o post
19/04/2017
4 razões “científicas” para ser seletivo e moderado no consumo de gorduras
abrir o post
24/01/2017
Microbiota intestinal e sua saúde 1: influencia do exercício físico
abrir o post
26/09/2016
Dieta sem carboidratos: como seu corpo suporta essa restrição
abrir o post
01/08/2016
Dieta Mediterrânea: sabor, saúde e longevidade
abrir o post
 
 
21 de Janeiro de 2018
clique para acessar a coluna
 
BUSCA PELO SITE
Galeria de Fotos
TV Sinomar
Links
Calendário
Cadastre-se
CONHEÇA MAIS
Sinomar Calmona
Presidente Prudente / SP
Jornal O Imparcial
Contato
ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS
 
DESENVOLVIDO POR:
Fabrício Modafaris
 
 
PHP Warning: PHP Startup: Unable to load dynamic library 'C:\Program Files (x86)\Parallels\Plesk\Additional\PleskPHP5\ext\php_oci8.dll' - Não foi possível encontrar o módulo especificado. in Unknown on line 0